26/08/2014

É amando que somos amados.

Olá, bom dia amigas(os), como estão?

Trago uma linda reflexão para o nosso dia. Espero que gostem!

Uma caneta!
Hoje estava levando meu pai para fazer  o teste de tipagem sanguínea para a cirurgia dele e algo me chamou a atenção... um simples fato.

Chegamos ao Pronto Socorro, preenchi a ficha e fiquei aguardando e aos poucos fui observando o meu redor, eram semblantes sérios, desanimados, de dor, mas interessante que não só dos pacientes, mas também dos funcionários.

Claro que um hospital é um ambiente que envolve muitas emoções e nem sempre boas, mas fiquei pensando que poderia ser diferente, que poderia haver algo que pudesse tornar o ambiente mais agradável.


Afinal, somos nós que estabelecemos a sintonia com a espiritualidade, quando nos empenhamos em bons sentimentos/pensamentos certamente a ligação com os amigos espirituais se torna mais sólida, agora quando nos apegamos a sensações negativas fica tudo muito mais complicado.

Sim, existem situações que nos entristecem, problemas que parecem tirar nossas forças e dificuldades que tanto abalam nosso equilíbrio, mas são nesses momentos cruciais que devemos nos apoiar a fé!

Como a fé é a luz que irá iluminar todos os caminhos.

Mesmo que estejamos a atravessar um período conturbado, quando as provas se acumulam,  quando o terreno parece repleto de espinhos, o que sempre irá aliviar nossas dores é a fé!
Porque com fé iremos criar pontes onde parece existir apenas o abismo.

Pois bem! Estava assim perdida nos meus pensamentos, quando meu pai foi chamado para realizar o exame. E que chamou era uma enfermeira muito novinha, que ensaiava um sorriso tímido e imediatamente gostei dela.

Entramos na sala, ela muito simpática, explicou o procedimento e começou a fazer as perguntas. Nessa hora, parou um pouco e muito sem jeito, me pediu desculpas, porque havia se atrasado e na correria estava apenas com uma caneta verde e que não poderia usar essa cor para que eu preenchesse o termo de responsabilidade. Então teria que ao final do procedimento ir comigo até a recepção e usar a caneta que as recepcionistas tinham. E que isso, infelizmente estava atrasando o atendimento.

Diante da minha cara de espanto( tipo não entendi ou o que tenho a ver com isso???), ela tentava se desculpar, dizendo que não conseguira nenhuma outra caneta e que só iria resolver esse problema na hora do almoço quando conseguiria comprar outra.

Acredito que devam estar com os mesmos pensamentos que eu tive na hora:
- Um hospital desse tamanho e ninguém tem uma caneta para emprestar????

- E como ninguém fazia nada, afinal, era um fato que estava sim causando um certo transtorno. Um absurdo.

- E por que a garota não tomava uma atitude? Ia ficar de braços cruzados?

E lá vão pensamentos, julgamentos, achismo e até pensei em falar algo, demonstrar que achava um absurdo e etc, etc, quando ouço a voz do meu grande mentor:

- Não julga! Você só conhece parte dos fatos! Ao invés da posição de julgadora, pensa como pode ajudar...

Bem, eu ia responder, mas como ando devendo alguns favores ao meu mentor, achei melhor manter a cara angelical e fiquei pensando...

Plim!!! Calma, isso significa que me veio a luz! E quem falar algo... melhor deixar para lá, viu Aniel, como sou um anjinho?

Eu respondi para a moça:
- Não precisamos ir a outra sala, eu tenho uma caneta.

-Ah, que bom! A maioria dos pacientes não tem, e nem posso falar nada, nem eu tenho – e deu uma risadinha nervosa.

- Meu Deus! Será que tem algodão para passar no meu pai????? Mas algo me fez não ser irônica.

Preenchi o termo e quando fui guardar a caneta, parei, pensei e falei:

- Fica com caneta.

Queridos, a cara da atendente, parece que recebia uma joia!

-Sério??? Nossa, você salvou o meu dia! Não sabe o que fez por mim. E me deu um abraço.

Genteeeeee.

- Menina se comporta, devolve a caneta!!! E sua mãe não te falou para não encher a cara logo cedo??? Calma, foram só pensamentos!

Genteee, ela ficou muito feliz e quando fui embora dizia:

- Vai com Deus, que Ele te abençoe! E falava com tanto amor, sorrindo, era como se eu tivesse feito uma coisa tão fora de série.

E eu saí sentindo toda aquela energia boa, como um passe...

E pensativa...Muitas vezes percebemos situações desagradáveis,  tristes ou que não concordamos e aí adotamos a revolta, o pessimismo ou pior passamos a julgar, condenar atitudes e nos esquecemos que também podemos auxiliar.

Um simples gesto... O amor pode ser espalhado de inúmeras maneiras, ocorre que sempre vamos alimentando a ideia de que para demonstrar amor só se for algo grandioso, quando na verdade, o amor é simples, tão simples.

Claro que não devemos ser coniventes com o erro, não foi isso que Jesus ensinou, mas ao invés de apenas sermos carrascos, buscarmos alternativas.

Que tal observarmos as pessoas com os olhos da alma? Porque na maioria das vezes olhamos a forma, o jeito, o que nos agrada ou desagrada, as atitudes e esquecemos de olhar a essência.

Todos temos algo de bom.

E mais ainda todos podemos fazer algo para auxiliar, para combater uma dificuldade alheia.
Podemos ser uma ponte de esperança para alguém. Não fiquemos a esperar pelos grandes gestos, a cada dia, a cada instante podemos fazer a diferença em uma situação.

Não busquemos os títulos, honrarias, mas a simplicidade, a humildade, a verdadeira fraternidade que não se perde em quem/onde/quanto/quando.

Antes de dizermos apenas: É um absurdo e demonstrarmos nossa indignação, procuremos perceber se não podemos levar alívio para aquela dor, para aquele incomodo.
Quando nos irritamos estamos apenas contribuindo com as forças do mal para que o ambiente fique mais conturbado e como isso nos faz mal. Agora quando buscamos a serenidade, a caridade, como as forças do bem chegam e a tudo clareiam.

Claro que devemos lutar pelos nossos direitos, combater o que não é correto, vencer barreiras, ter respeito, tudo mais, só que sempre de uma forma em que não percamos a nossa razão.
Tenhamos em mente: Jesus Cristo. Ele é o Caminho, Verdade e Vida. Sempre!

E a espiritualidade maior está sempre pronta para nos auxiliar, mas carece de nossa parte também. Que nos coloquemos a disposição, que aceitemos servir em nome do amor, que mantenhamos a chama da fé acesa dentro de nós.

Quanta coisa podemos realizar! E começando por um simples gesto...

E seremos sempre o que mais receberemos... Não preciso dizer que sai do hospital envolta numa energia tão boa, energia que foi capaz de liquidar meu cansaço físico, estava tão cansada, e com o abraço da garota, a sua alegria, nossa parecia que estava renovada.

E apenas uma caneta... Percebem?

Todos nós passamos por situações assim todo dia, será que já percebemos? Deus nos dá infinitas oportunidades de auxiliarmos e também sermos auxiliados.

É amando que somos amados.
E como o amor é belo!!!!
É isso  queridos, que possamos compartilhar desse amor, sempre!

E iremos nos surpreender como um simples gesto de amor transforma corações!

Quis compartilhar esse simples fato que ocorreu hoje cedo e que me trouxe tanta coisa boa, na alma, no coração e na mente!

Fiquemos com Jesus!
Sônia Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário e sugestões é sempre bem vindo. Fique na Paz !!!